Um merda chamado Chico Buarque

 

Por Bruno Bortolucci Baghim

“Você é um merda”, diz um indivíduo a Chico Buarque, em pleno Leblon . Outro tenta provocar: “Tem um apartamento lá em Paris. É gostoso Paris, né?”. Alguém pega pesado: “Petista!”.

Mais uma pérola dos homens de bem desse Brasil.

A rigor, não importa se o sujeito é petista ou tucano. Não se trata de decidir qual lado é o certo, quem roubou mais ou menos, quem é o bandido. A questão é mais simples: não se ofende uma pessoa no meio da rua, de forma gratuita, covarde e estúpida, única e exclusivamente por suas convicções políticas.

Em junho deste ano Umberto Eco disse que a internet deu voz a uma legião de imbecis[1], e acertou em cheio. O grande perigo é que estes mesmos imbecis perderam o pudor, e agora vomitam seus impropérios nas ruas à luz do dia – ou na movimentada noite do Leblon.

Aliás, Chico Buarque não é caso isolado: Eduardo Suplicy e Fernando Haddad foram hostilizados em uma das maiores livrarias da capital paulista. Alexandre Padilha, ex-Ministro da Saúde, foi atacado por mais de uma vez em restaurantes.  Isso sem falar do ex-Ministro da Fazenda, Guido Mantega, atacado por ao menos três vezes, uma delas em pleno Hospital Albert Einstein, quando visitava a esposa. Todos alvo de pessoas absolutamente incapazes de conviver com a democracia, e que ainda encontram eco em milhões de outros indivíduos que, regozijados, espalham os vídeos das agressões pelas redes sociais – a imbecilidade que sai da internet invariavelmente a ela retorna.

Tem que se achar muito bom, muito “foda” (com o perdão do palavrão), para poder dizer a Chico Buarque que ele é um “merda”. Logo ele, um dos maiores ícones - senão o maior –  da música brasileira e da nossa própria História. Sempre atrelado às lutas sociais, desde os tempos da repressão, em que foi ferrenho opositor da Ditadura Militar. Chico nunca se acovardou, e tanto é assim que humildemente concedeu parte do seu tempo ao grupo que gratuitamente o hostilizava. Mas Chico teria um grave defeito: ser petista. A mácula que hoje destrói qualquer biografia. O xingamento padrão de qualquer “pessoa de bem”. A discussão vai mal? Basta chamar o seu contendor de “petista”. A razão magicamente muda de lado e nenhum outro argumento do “petralha” valerá. E seja ele quem for: um grande jurista, um líder respeitado, um artista. O petismo automaticamente o atira ao fosso de uma ignorância quase animalesca.

As pessoas que hostilizaram Chico são da mesma estirpe das que disseminam o ódio pela Internet. Contrários a benefícios assistenciais, cotas raciais e outras ações afirmativas. Que vestem a camisa da CBF para clamar contra a corrupção e pedem a volta dos militares. Que negam a existência do racismo e da homofobia. Adeptos do discurso do “bandido bom é bandido morto”, tentam linchar uma criança em plena praia de Copacabana. Também acham que refugiados haitianos e médicos cubanos são guerrilheiros infiltrados.  Os paranoicos de sempre.

Umberto Eco tinha razão.

E Chico Buarque continua sendo um gênio.

Bruno Bortolucci Baghim é Defensor Público do Estado em São Paulo, membro do Núcleo de Combate à Discriminação, Racismo e Preconceito da Defensoria Pública, especialista em Ciências Criminais e Direito Constitucional, e idealizador do Pessoal dos Direitos Humanos

____________________________________________

[1] http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/ansa/2015/06/11/redes-sociais-deram-voz-a-legiao-de-imbecis-diz-umberto-eco.jhtm

240 ideias sobre “Um merda chamado Chico Buarque

      1. wellingto

        Percebi isso. Deve ser a classe burguesa falando. Não conhece o sofrimento dos pobres, que mal ganham o pão para os filhos, e não tem o direito da palavra, graças a internet agora esta classe baixa pode e são houvidas.

        Responder
          1. Emidio

            A camisa da CBF sempre foi “a camisa do Brasil”. É ridículo dizer que quem protesta com a camisa do Brasil é a favor da corrupção ou de seus diretores, ou sei lá o que… A CBF é uma entidade privada impregbada de corrupção. Ninguém torce por ela. A gente torce pela seleção do Brasil. No mais o texto é razoável, um pouco parcial, tenta confundir as coisas… Esses playboys e outros babacas não representam a maioria que não é petista por motivos sérios, mas que não querem a volta de militares. Quanto ao senador líder do PT que disse que ia chamar o mstt para dar porrada em manisfestantes pacíficos da Oposição, gostaria de saber sua posição? Isso pode???

          2. Retardado

            RetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardadoRetardado opiniao de retardado

          3. edilson aristides borzani

            Sou da epoca que as criancas do curso primario cantavam o hino nacional antes de entrarem para a sala de aula. O nacionalismo mesmo que tenuamente ainda existia no povo brasileiro. Sinto me envergonhado de saber que a presidente do meu país nao pode cantar o hino nacional juntamente com seu povo em estádios como ja aconteceu algumas vezes. Ela tem evitado aparicoes em publico e recentemente cancelou sua presenca na inauguracao de complexo olimpico no RJ. Será que ela comparecerá na abertura das olimpiadas? Nunca vi nem tomei conhecimento de algo semelhante no mundo todo. O mandatário maior de um país tem que ser respeitado e aplaudido quando em público! Gostaria de um pequeno texto seu, sr Administrador, porque isso tudo acontece . Informo-lhe que a primeira vaia e ofensas a nossa presidente aconteceram na abertura dos jogos da Copa das Confederacoes em 2013. Um chefe de nacao que corre e se afasta de seu povo. Me explica isso!

          4. Administrador Autor do post

            Caro Edilson, agradecemos por seu comentário. Quanto às hostilidades contra a Presidente Dilma em estádios de futebol, de se frisar que elas não servem como termômetro da opinião do povo brasileiro, mas sim de determinado segmento social (de onde vem os agressores do Chico) que sempre foi opositor ao atual governo. Afinal, 60.000 pessoas pagando um preço médio de R$500,00 por ingresso não representam nada em cerca de 200 milhões, de maioria carente.

        1. Paulo

          Vocês não cansam desse papo furado de classe pobre? Vocês são um bando de racistas e preconceituosos. A classe pobre no Brasil é safada em larga escala. Não põe comida na mesa, mas não deixam de acessar internet. O pobre de hoje é vagabundo. Não trabalham, mas ganham dinheiro que sai do bolso da classe média. Falam mal de gente rica, mas adoram dinheiro e quando o algum dinheiro entra, gastam com porcaria, querem ostentar o que não têm. Agora, estão se corrompendo contra o próprio país por um pão com mortadela. Se o PT é tão bom como dizem, porque tá todo mundo na merda ainda? Cadê os 36 milhões que dizem ter saído da pobreza? O pobre quer muito direitos, mas não quer nenhum dever, nenhuma responsabilidade. Apoiam quem os rouba e colocam a culpa na sociedade por que é mais conveniente. Essa gente merece se ferrar.

          Responder
      2. André

        Desculpa, mas você realmente leu o texto? Um lado da situação?Não importa o lado amigo, importa o respeito!! Eu não gosto do PSDB, e nem por isso toda vez que eu encontro o José Serra, e acredite eu já o encontrei muitas vezes, eu vou lá xingar ele…querer bater nele e etc….
        A maior vergonha do brasileiro é ser estupido, todo mundo reclama que brasileiro é mal educado é ladrão e etc…. Mas te pergunto, a sua parte você faz? Você é justo? Você é educado? Você é honesto? Você respeita as leis? Se o faz, então de um exemplo pra quem não faz….Reclamar, disseminar o ódio é fácil…ser o agente da mudança…ninguém quer..

        Responder
        1. Marcio

          fico pensando.. Chico saiu às ruas, hostilizou, brigou pelo Brasil, e ele é simbolo? ele tem que ser respeitado? pq? o lado dele é o lado certo?
          o brasileiro está lutanto e vivemos um tempo semelhante àquele vivido pelo Chico, porém, numa era da informação, das redes sociais. O ódio que vc recrimina, é o mesmo daquele tempo, só que com publicidade, com celulares filmando tudo.
          Existiu barbaridades dos dois lados naquela época.. existe agora. Dilma roubou, sequestrou, agora, era se arma, monta seu exercito. Olhe pro STF! olhe para o congresso nacional! todos rasgando a constituição! constinuição que o Chico não conhece, porque esta em Paris, como na famosa foto, tomando seu chazinho.
          então amigo, toda forma de expressão é válida, desde que democrática e pacífica.
          quando um lado ou outro age com violência, então, este lado perdeu a razão.
          só acho.

          Responder
          1. Dulce

            Os seres humanos têm o direito de respeitar e ser respeitado. Se o Chico está no restaurante a jantar com amigos, que direito têm os agressores de o virem agredir? Sim, as palavras são agressões verbais. O Chico Buarque e todos os que são vitimas deste tipo de agressão têm a minha solidariedade. Sejam de que partido forem. Sejam de que clube de futebol forem, sejam de que cor forem, sejam hetero ou homo, sejam grandes, pequenos, gordos, magros.Sao seres humanos e nada dá o direito a ninguém de os agredir só porque nao concordam com eles.

          2. marcia marcucci

            Ad pessoas merecem respeito,porqie sao pesspas e isso basta!ninguem merece ser julgado e ultrajado em via publica!que eu saiba…

          3. FLÁVIA MARÍLIA AZEREDO DE OLIVEIRA

            Santa ignorância…..
            Talvez fosse melhor você estudar mais sobre do Brasil antes de postar comentários bobos. E aproveita e estuda também o português, nossa língua pátria, pois seu texto está cheio de erros….

      3. Marcondes

        Você tem certeza que leu o texto? Ou você é do tipo que só enxerga distorcido? Você leu o trecho a Seguir? A rigor, não importa se o sujeito é petista ou tucano. Não se trata de decidir qual lado é o certo, quem roubou mais ou menos, quem é o bandido. A questão é mais simples: não se ofende uma pessoa no meio da rua, de forma gratuita, covarde e estúpida, única e exclusivamente por suas convicções políticas.

        Responder
      4. Marcelo

        o contexto é a agressão. O outro lado é a boçalidade dos agressores. Sem contexto é o teu comentário, este sim só ve o lado de quem odeia

        Responder
      5. Fernando

        Anselmo, talvez você queira de volta as fardas opressoras em cada esquina. Temos que aproveitar a democracia e aprender que é muito melhor poder falar, mesmo que seja besteira, do que ter que ficar calado. Amordaçado pelo medo.
        Agora ser achacado por defender um Partido, um modelo de governo voltado para o popular é demais. Precisamos de liberdade. Caso contrario teremos uma guerra entre partidária.
        Todo governo, eleito democraticamente, mas que não for do meu agrado não serve. Vou ter que hostiliza-lo.
        Não pode ser assim!

        Responder
      6. Maria José Leite

        Sou portuguesa, li a notícia aqui no Facebook e na verdade fico chocada com essa de terem chamado tal coisa a algguém como Chico Buarque!!! É TRISTE, no entanto também concordo que é um dos lados da questão.
        Quanto à internet como por exemplo o Facebook , vejo mais vantagens que desvantagens, pois existe mesmo gente inculta, existe sim que com a internet evoluem, ela dá o que os governantes nºão derem a seu povo, evidente que tem lacunas, importante é que as pessoas ficam a discutir, trocam ideias e sempre vão aorendendo, isso é incomodo para alguns governantes? CLARO QUE ´´E, pois ter o povo na ignorância dá jeito,.,,
        Tenho a certeza que quem chamou isso a CHICO BUARQUE gosta de ouvir sua música, sua voz e sua maravilhosa interpretação musical ! Um abraço fraterno para esse imenso Brasil e seu povo Feliz Ano 2016

        Responder
    1. Adilson Pinheiro

      O ilustre defensor público só se esqueceu de citar episódio semelhante ocorrido em Belo Horizonte com o ministro Patrus Ananias. Como tantos, o defensor público limita o valor das ocorrências políticas – além de outras – a Rio e São Paulo.

      Responder
        1. fernanda

          Ah então segundo o autor devemos ter Tolerancia Politica pois segundo vc NAO ter tolerancia politica é o problema dessas pessoas. Não, o problema dessas pessoas talvez seja não saber se apropriar do poder e direito que tem como povo pertencente a uma democracia. Em um país de Freedom Speech se pode tudo ( menos queimar a bandeira nacional em praça pública) mas aqui qse nada é “tolerado”. Se um cidadao esta descontente com seus governates e querem se expressar – seja qual forma for – ele é um intolerante politico? Que piada!
          É por isso q esse país é o que é. Não se expressem, não se oponham, não lutem, não vao para as ruas com a camiseta da CBf, não xinguem um artista omisso….Me desculpa autor mas voce de alguam foram é um retrocesso e só repete o q vários já escreveram.
          Deve se expressar o seu descontentamento contanto q não use força fisica contra o outro. Dane- se o Chico ou qq outro artista omisso e salve a expressão popular, pois assim de alguma forma vemos q nem todos estão paralisados por uma visão ” de q se é do PT” deve se respeitar e aceitar….ai aia ai

          Responder
          1. FLÁVIA MARÍLIA AZEREDO DE OLIVEIRA

            Cara Fernanda, chamar Chico Buarque de artista omisso é no mínimo assinar o atestado de ignorância total e plena.
            E liberdade de expressão não significa xingar, bater, apedrejar. Isso não pode.
            Liberdade de expressão e demonstração do descontentamento a gente mostra nas urnas. Isso pode e deve ser feito. Isso é democracia.
            E mandar Chico Buarque se danar, isso não pode. Pois vc precisa ainda crescer e aparecer para ter a pretensão de falar assim de alguém como o Chico.
            Entendeu ou quer que eu desenhe????

        2. Regina Celia Duque

          Quem durante a ditadura militar não oferecia risco à segurança nacionak e foi torturado?
          O Chico não parece ter mudado de lado, lutou contra a ditadura militar. Resta saber se assim como Dilma e “seu grupinho” ele também sempre torceu pela ditadura do proletariado.
          Como um cidadao de bem consegue apoiar quem participou de sequestros, bonbardeios, assalto a bancos, a casa de governador ,etc??????? Será uma pessoa de bem mesmo? Eu duvido.
          Os militares se empenharam em combate-los para agora o povo colocar o Brasil em suas mãos. A luta militar foi justamente a de proteger o pais dessa gente. Para que? O povo não merece.
          Voltando ao Chico: mesmo não tendo visto qq trabalho novo dele ha decadas, gostava do trabalhobque fez no passado. Mas passarei a mudar de estação caso uma de suas musicas esteja tocando na rádio, nunca comprarei um cd dele. Farei o mesmo em relaçao ao Caetano, cujo trabalho eu curtia muito. Fiquei decepcionada, assim como muitos brasileiros. Adeus Chico, adeus Caetano.

          Responder
          1. Administrador Autor do post

            Prezada Regina,

            Já que defende a ditadura militar, avalizando as torpes práticas adotadas por aquele regime, e até o presente crê na “ameaça” do “comunismo” (no caso do governo PT, um curioso “comunismo” em que Bancos lucraram como nunca), só nos resta lhe desejar dias melhores.

            Pessoal dos Direitos Humanos

          2. FLÁVIA MARÍLIA AZEREDO DE OLIVEIRA

            Adeus Regina Célia…
            Acho que Chico e Caetano ficarão felizes em saber que pessoas que defendem a ditadura militar não os ouve mais no rádio….
            Adeus Regina Célia…já vai tarde…

      1. André

        Você pode defender até o Bolsonaro se você quiser, a opinião é sua, o termo “Coxinha” é um termo péssimo, portanto se você não gosta dele. Não chame ninguém de Petralha por exemplo…. Falta dar o exemplo para as pessoas, reclamar é facil!

        Responder
        1. Eduardo Velloso

          Coxinha e Petralha são duas expressões que caracterizam o patrulhamento “ideológico” aqui no Brasil. Sim, são expressões fascistas de intolerância de quem acha que escolher partido político é como escolher time de futebol. Assim vemos que o buraco é bem mais em baixo. Será que o Pelé tinha razão quando declarou que o brasileiro não sabe votar?

          Responder
      2. Cris

        Assim como comedores de mortadela. Embora eu adore mortadela…
        Dois tipos babacas disputando e se ofendendo com frases feitas e argumentos vazios.

        Responder
    2. Regina Albuquerque

      É muito bom ter pessoas escrevendo contra esta situação de barbárie que estão tentando estabelecer. Independente de quem seja temos , todos, o direito de exprimir o nosso pensamento.
      O Chico Buarque é um cidadão consciente e sempre se posicionou, penso ser ele extremamente responsável, como artista e pessoa pública, em colocar a sua imagem na tentativa se nos fazer pensar. Aos que são estúpidos e não respeitam nada, nenhum e ninguém, ora por favor, merda são vocês.

      Responder
      1. Carlos lanzoni

        Ainda continuo achando o Chico um ícone da música popular brasileira, não gosto da atitude dele de ser PT, mas tenho que respeitar suas convicções políticas, tenho amigos que são pessoas honestas engajadas em lutas sociais, ( e ajudam mesmo ), mas são do partido dos trabalhadores , e não vão mudar, assim é o Chico Buarque lutou sempre contra as injustiças sociais, e não vai ser agora que apoiará a direita Imbecializada, quem viveu o terror dos militares no poder nunca vai apoiar a volta deles reconheço que muitas coisas eram Boas mas a falta de liberdade nos sufocava aliás não estaríamos aqui discutindo este assunto se fosse naquela epoca

        Responder
    3. Paulo Sallum

      Ta certo. Por que fazer parte da maior quadrilha que o Brasil ja pode receber é completamente normal. Ser responsavel por rombos dos cofres publicos, negligencias, sendo indiretamente responsaveis por milhares de mortes no meu Brasil é completamente aceitavel.
      Quem apoia isso não pode e não deve ser chamado de gênio.
      Seu texto é fraco, imbecil e apoia um bando de hipo-intelectuais que até hoje estão em cima do muro.
      Sou tão anti petista como anti psdbista.
      Nossa politica não está certa.

      Responder
    4. Francisco

      Como o autor deve ter algum beneficio com estes impropérios deferidos a terceiros. Somos pessoas que trabalham e pagam impostos. Nao devemos sucumbir diante de tamanho discalabrio. Perdoe-me mais precisamos passar.

      Responder
  1. Maria de Lourdes Eleutério

    Ótimo texto ! Bruno só esqueceu de mencionar que Chico é também um grande escritor e sua contribuição ao teatro brasileiro é notável.

    Responder
  2. Joao gomyde neto

    O que entristece é a midia subrepticiamente creditar essa manifestações ao povo e não à elite decadente e supostamente decente.

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Exatamente, João. Como durante a Copa das Confederações, ou mesmo na Copa do Mundo, em que se atribuía ao “povo” os brados dos que sentavam nas arquibancadas dos estádios (com ingressos girando em torno de R$500,00 ou mais).

      Obrigado pela participação.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  3. Moacir Chaves

    Nunca vi tanta maestria em um texto como o que acabei de ler. Tanto em léxico e estilística, quanto na mensagem propriamente dita. Parabéns!

    Responder
    1. marcineli

      Pena que Chico, que outrora tanto lutou contra a ditadura, hoje é apoiador de um partido que apoia as piores e mais sanguinárias ditaduras do mundo. Chico, vc não mais me representa!!

      Responder
      1. Administrador Autor do post

        Obrigado pela participação, Marcinelli. Como frisamos no começo do texto, não se trata de discutir qual partido ou governo é mais ou menos corrupto, e nem mesmo debater o mérito das posições do Chico. O foco é criticar a intolerância cega que se alastra pelo país.

        Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

        Boas festas,

        Pessoal dos Direitos Humanos

        Responder
      2. MOISES

        Parabéns . Uma observação coerente. Pena que os demais limitam-se apenas em falar no Chico artista. O texto, apesar de não concordar está bem escrito. Discordo apenas da ideia. Mas a isto chama-se democracia e liberdade de pensamento.

        Responder
      3. Regina Celia Duque

        Mas a ditadura militar veio justamente para impedir que os comunistas tomassem o pais. Cite um só individuo torturado que não tivesse ligaçao com o comunismo. Se a Dilma fez parte de bonbardeios, assaltos e sequestros e os militares eram tão ruins oq não a mataram? Porque não mataram o Lula e o Dirceu? Ah, tá… O Lula virou X9 e entregou os cumpanhero,esse tá fora. Mas um cara q trai os “cumpanhero” obviamente trai a patria.
        O objetivo da ditadura era combater essa cambada que agora está afundando o país. Alem disso, cidadaos de bem possuiam mais segurança. Não existiam arrastões e tantas favelas. Bastou que os militares se retirassem para que o caos fosse gradualmente se instalando. A saude, educaçao e segurança eram melhores.

        Responder
  4. Fátima Espíndola Rocha

    As larvas da fossa sobrevivem comendo cocô: esses playboys vagabundos foram as larvas deixadas e criadas pela elite falida da ditadura e que estão hoje espalhadas e infiltradas dentro da política e principalmente na mídia, na imprensa ( veja, globo, folha, estadão)…..
    Eles estão bestializados, enfurecidos, e obssecados de tanta inveja do governo petista, que estão perdendo o sentido, estão loucos e por isso estão mostrando sim, quem são os ditadores e comunistas.
    São tão estúpidos e inferiores, vazios que ainda acham que só pq. são endinheirados podem tudo.
    Queria ve-los cantando de galo no pau de arara da ditadura.
    Chico estamos com você.

    Responder
    1. Christian

      À partir do momento que vc desce ao nível dos “infratores” você perde a sua razão…
      Um texto tão bom falando do ataque gratuito e vc responde ataque com mais ataque…
      Como diz o próprio texto… “Não se trata de esquerda ou direita…”
      Por isso o Brasil está nessa “guerra”, parece que as pessoas esqueceram o respeito pelos outros, para criticar alguém não é necessário se baixo ou se igualar…
      Feliz 2016

      Responder
  5. Assuero Alencar C. Jr.

    Concordo com tudo que foi dito sem tirar uma so palavra,infelismente parece que muitos nao pensam ou nao querem pensar ficando assim a repetir todo esse discurso de odio e uma revolta sem fim ,triste mas a verdade e que existe hoje um Brasil da elite inconformada e um Brasil do povo hostilizado,marginalizado e alguns manipulados para tomarem partido por seus opressores…..

    Responder
  6. vinicius

    apenas um breve comentário completando o ultimo paragrafo.
    Muitas dessas pessoas são as mesmas que esquiam em Aspen, assistem final de champions league no estádio, vão pra miami ou curtir uma balada em ibiza.
    Mexeu no preço do dolar, mexeu com eles…… independentemente se a economia, saude, educação, produtividade do país esteja bem ou mal…. só não deixem o dolar subir…

    Responder
  7. Leonardo Villela de Castro

    Quem perdeu o pudor foram as elites políticas e econômicas que, cada dia mais descaradamente, nos roubam e fazem o que querem com o mundo: Acabam com rios, lagoas e mares por ganância, produzem guerras e extermínios por petróleo e agem abertamente nas TVs defendendo o vale tudo e a financeirização da vida! Se esses atuam assim porque os demais imbecis não o podem fazer? A imbecilidade e a truculência viraram normas de atuação dos mercados e do mundo dos negócios, que dominam as relações sociais, já que tudo é negócio, inclusive saúde, educação e assistência social. Direitos só pra quem tem dinheiro! É disso que se trata. Esses meninos mimados do Leblon aprenderam e reproduzem o que acham correto de necessário fazer para impôr suas opiniões e “vencer” no mercado da política!

    Responder
  8. RONI VASCONCELOS

    E assustador isso,mas ñ percamos a esperança dias melhores há de vir.
    Por que o desacerto dessa gente volta pra eles mesmos, é a lei da verdade vai prevalecer,sempre foi assim, ñ vai ser diferente

    Responder
  9. Luilton

    Você poderia ter citado outros exemplos de hostilidade como com o Joaquim Barbosa na rua e muitos outros “do outro lado”, pois esse tipo de idiotice (xingar opositores na rua) é até mais incisivo quando parte da situação, vai por mim. Não seja mais um a ver apenas um lado. Abraços.

    Responder
    1. Marcia

      Boa, postei na mesma linha. Há dois lados, infelizmente, nessa polarização política e a estupidez aparece em ambos. Não há respeito das duas partes. Que cada um pense como quiser e que seja respeitado.

      Responder
    2. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Luilton. Não concordo com muitas das posturas de Joaquim Barbosa (não falo pelo mensalão, mas por outras manifestadas quando do exercício da presidência do STF), mas jamais o hostilizaria nas ruas ou onde quer que fosse. A diferença que vejo é que casos como esse não encontram na “esquerda” (não gosto dessa divisão esquerda x direita, a vejo como antiga) a mesma repercussão “positiva” que os ataques a membros do atual governo ou a seus simpatizantes encontram na “direita”. De toda forma, a democracia é campo fértil para a discordância, desde que travado o bom debate. Penso que ainda precisamos evoluir neste ponto.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Bruno Bortolucci Baghim

      Responder
  10. edna

    Sinto vergonha dessas pessoas paupérrimas de alma, de educação de bom senso. Chico é tão outro nível que não se abaterá talvez sinta pena só isso.

    Responder
  11. Antonio Manoel de Oliveira

    Contrariando o Humberto Eco, acho muito bom que os imbecis se revelem. Assim, podemos enfrentá-los à luz do dia (ou da internet). Até porque, se somos mesmo democratas, temos obrigação de aturá-los, pois existem e estão aí, por todos os lugares. Embora alguns iluminados entendam que deva existir uma internet, uma rede social, só para os iluminados, eliminando a gentalha……

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Antonio. Você está coberto de razão. É bom que saibamos quem são, e especialmente, que eles possam livremente se manifestar. A democracia é isso. Cabe a nós a elaboração do contraponto, promovendo o bom debate.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  12. manoe pereira

    A direita do país conseguiu implantar o ódio.Temos um bando de analfabetos políticos e funcionais em escala grande,pois a população de homens de 25 a 30 anos aumentou bastante com o ensino fundamental imcompleto e adepto a tv aberta e internet,mas tambem ao alcool e outras drogas.A esquerda do Brasil não esperava um ataque tão forte e bem sucedido em cima de uma geração que iria fazer a diferença no país.Errou ao não condicionamento de que democracia é estado de direitos e também sobre disputa de classes!

    Responder
  13. marcos

    Recrimino apenas as formas de violência,mas as opiniões devem ser respeitadas, pt sim é uma corja,mas os outros partidos tbm são um lixo,exirtem pessoas honestas e políticos honestos que sofrem com esta corja,mas se tu entra numa briga e apoia sertas coisas tem que aguentar as consequências, de uma forma boa ou ruim.

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Marcos. A principal questão é que não podemos viver em um país em que pessoas agridem outras, de forma gratuita, unicamente por suas convicções políticas (independentemente se do PT, do PSDB, do DEM, etc..). Esse é o foco do texto. O exercício da opinião, embora livre, sujeita a pessoa às consequências legais nos casos de abuso. Por exemplo, o indivíduo que chamou Chico de “merda” praticou crime, e poderia até ser processado por ele.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  14. Evandro Barcellos Paixão

    CHICO BUARQUE O EXEMPLO NATALINO… Hahaha

    Então quer dizer que só o Umberto Eco pode falar coisas…? Ou quem tenha a mesma eloquência dele?

    Milhares de pessoas são ofendidas nas ruas. Mas quando o pupilo dos pseudos intelectuais recebe uma ofensa gratuita, isso se torna uma ofensa coletiva.

    Por exemplo, sintam-se ofendidos quando pagar R$5,00 ou mais em uma água de côco, ou em um milho verde, na praia… Enquanto o lucro do produtor rural é ínfimo…

    Sintam-se ofendidos quando consumir alimentos com toneladas de agrotóxicos…

    Sintam-se ofendidos ao ver o Domingão se transformar em um show de videos cassetadas ofensivas…

    Sintam-se ofendidos quando pararem o carro em local proibido…

    Nem sempre somos exemplos…

    Mas o Umberto e Chico São semi-deusis inabaláveis.

    Responder
    1. sandra

      Pois é! Este pessoal só se sente ofendido quando se fala deles. São os mesmos que defendem os bandidos e esquecem das vítimas….. Foda, né? Acho que o que NÂO queremos é ter que sustentar este tipo de roubalheira, de ladrões, de aproveitadores do povo. Povo cada vez mais ignorante, cada vez mais dependente de esmolas, cada vez mais triste. Ah, triste não, temos o carnaval, o futebol, o circo e o Chico….

      Responder
      1. Administrador Autor do post

        Obrigado pela participação, Sandra. Como ficou claro no início do texto, não se trata de uma defesa do PT, ou de uma tentativa de se indicar quem é mais ou menos corrupto, se o atual governo ou os anteriores. O foco é a crítica à intolerância. Quanto à defesa dos “bandidos”, sugerimos a leitura (e o eventual debate) de nossos outros textos do portal.

        Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

        Boas festas,

        Pessoal dos Direitos Humanos

        Responder
    2. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Evandro. Suas ponderações são pertinentes, mas elas não caberiam em um único texto. Em síntese, as ofensas ao Chico não “diminuem” a importância dos problemas trazidos por você. O que se questiona é a escalada de intolerância política que se instalou no país.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  15. claudeide Oliveira

    Incrível o poder de dedução do articulista, beirando mesmo a paranomalidade. Em um simples curto e video, detectou entre os contendores com o intocável Francisco, lichadores de crianças, racistas homofóbicos, extremistas de direita. Quem é mesmo que não consegue conviver com idéias antagônicas??

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Claudeide. Há uma diferença entre dizer que os contendores de Chico SÃO linchadores, racistas, etc. e afirmar que são DA MESMA ESTIRPE destas pessoas (que são justamente as que, em Copacabana, tentaram linchar um menino durante manifestações pro-impeachment; que são seguidoras de conhecidos deputados de extrema direita e por aí vai). O debate é sempre válido, desde que travado de forma serena.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  16. claudeide Oliveira

    Eu não concordo com o cara que chamou Chico Buarque de merda Talvez ele tenha suas razões e tem sobretudo o direito de expressá – las. Merda, merdinha mesmo são alguns defensores que o notável Francisco arranjou para defendê – lo.

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Só um detalhe: “Talvez ele tenha suas razões e tem sobretudo o direito de expressá – las.” Há um grave equívoco nos dias atuais: a liberdade de expressão NÃO ISENTA de responsabilidade em caso de abusos. E chamar alguém de “merda” é abusivo, além de ilícito, tanto no âmbito cível (passível de indenização) como no criminal (é delito de injúria, artigo 140 do Código Penal). Liberdade pressupõe responsabilidade.

      Responder
  17. Paulo Garcia

    Num dos vídeos que gravou para a campanha de Dilma em 2014, Chico inclusive adotou a linha torpe da propaganda petista de sugerir que a derrota do PT seria o fim dos programas sociais.

    Chico merece nosso respeito pelo grande artista que foi e é (sua grande arte é imortal). Mas ele não está imune ao debate duro do Brasil nem a ser confrontado por suas ideias e propaganda política.

    Seria bom ouvir o que Chico tem a dizer dos escândalos de corrupção e das tenebrosas transações do governo petista, da incapacidade gerencial da presidente que fervorosamente promoveu, do autoritarismo do governo venezuelano que tanto admira.

    Seu silêncio sobre tudo isso é ensurdecedor.

    Responder
  18. marcelo

    Peço-lhe autorização para reproduzir seu texto em meu site: eassim.net

    Creio que luta contra a intolerância deve ser de todos os cidadãos.

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Marcelo, boa tarde.

      Agradecemos pelo apoio. Fique à vontade para replicar o texto em seu portal.

      Muito obrigado.

      Boas festas

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  19. Rodrigo

    Texto totalmente parcial! Escrito por aquela ralé que acha que só há intolerância no lado oposto. Como se grande parte, pra não dizer a maioria, não fosse exatamente desses tipos de babaca que ignora qualquer argumento de quem não concorda com a sua opinião, com sempre aquele papinho de “coxinha” “tucano” e o caralho a 4. Apesar disso concordo com parte do texto

    Responder
  20. antonio de oliveira

    Na época de Getúlio, Jucelino, Jango e Brisolla quando o PT não existia o CRIME era ser Petebista PTB. Todas as acusações que hoje fazem ao PT faziam ao PTB. E maior ofensa era chamar de COMUNISTA. Os acusadores : ” membros da mesma corrente politica que hoje acusam o PT e seus simpatizantes.Essa gente não sabe o que é Democracia! Pobre gente!!!…

    Responder
  21. Antonio Barreto

    Apesar de ser contrário ao governo que se instalou no Brasil, pelas razões que todos nós sabemos: populismo mentiroso, assaltos às instituições(vide o .BNDES, Petrobrás, Banco do Brasil…)!!!.E todos sabemos que em tudo isso e mais, tem o dedo de Lula, Zé Dirceu, Vacari, Rui Falcão…Acho que todos já deveriam estar sob o mesmo teto, na Papuda!
    Tudo de ruim que essa gentalha fez (e continua fazendo) com o nosso país, não me autorizaria a me bandear e encarar um cidadão, um senhor, chamando-o de “merda”, por ser petista.Principalmente, que esse senhor é um dos maiores ícones da cultura brasileira(o único que temos na arte de fazer poemas e musicá-los),um verdadeiro gênio!!!
    Não por se tratar do genial Chico, mas, principalmente por se tratar de um cidadão brasileiro, que foi extremamente importante na luta contra a ditadura militar que reinou no nosso país durante quase três décadas. E Chico, com as armas que ele tinha( a musica), lutou bravamente para que saíssemos das trevas do militarismo…
    Pois é, todos nós temos uma dívida com o Chico, além de termos quase uma obrigação de admirar seu trabalho, que é extenso e maravilhoso.
    Além do mais, ninguém pode ser completamente feliz numa convivência social, se é incapaz de respeitar o pensamento do outro.
    ABAIXO O PT!!! Salve o grande Chico Buarque de Hollanda!!!!!

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Antonio. Como poucos, você captou a essência do texto, que não é, em hipótese alguma, uma defesa ao PT, mas sim uma crítica à intolerância burra que cresce em nossas ruas. O governo e o PT vão mal, mas isso não dá razão aos agressores de Chico.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  22. maria auxiliadora evarista

    Chico Buarque e a personificação do verso do poema, de Mário Quintana: ..” eles passarão, eu, passarinho”.
    Voe, Chico, voe Bruno, por cima de toda essa imbecilidade, porém, poupem suas cacas, não as desperdiçando sobre ela.

    Responder
  23. Antônio Hélcio Vilela

    Não é falta de educação, é simplesmente uma demonstração de indignação, personificada em uma pessoa pública e respeitada pelo seu passado, que tem demonstrado um comportamento paradoxal, defende está corja de ladrões, o governo de cuba ( mas mora em Paris), vira alvo mesmo, querem exatamente o que, que seja venerado?, que se assuma como verdade suas opiniões e posições pelo que ele já fez ou pensou?

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Antonio. Veja no começo do texto: não se trata de discutir o mérito das opiniões do Chico, ou se o atual governo é mais ou menos corrupto do que os demais. O que se faz é questionar a hostilidade gratuita dirigida ao Chico, lembrando sempre que a liberdade de expressão encontra limites no âmbito da responsabilidade civil (indenizável) e penal (chamar de “merda”, em tese, configura crime de injúria). Em outras palavras, pode-se expressar a opinião, mas também pode-se acabar responsabilizado por ela.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  24. Jorge Lemos

    Esses indivíduos estão muito aquém da genialidade do Mestre Chico Buarque, eles deveriam ser processados e punidos por crimes contra a honra! Se não gosta da democracia brasileira vá embora do país, pois lutamos muito por ela!

    Responder
  25. Rafael

    O que será que os petistas fizeram para provocar tanto ódio de um povo outrora pacífico e tolerante como o brasileiro, hein? O que leva um músico inteligente como Chico a defender publicamente personalidades corruptas da nossa cena política? os inteligentes que eram do PT abandonadam este partido tão logo sua verdadeira face começou a se revelar, e não foram poucos. Cristóvam, Gabeira, Luciana, Marina, Heloísa entre outros. O que leva o fundador do PT a assinar pedido de impeachment? Com tudo que se sabe hoje, ser PT é ter desvio de caráter, é compactuar com a corrupção, o populismo e a mentira na política. Se Chico é tão inteligente está na hora de mostrar que também é honesto e parar de defender publicamente uma quadrilha criminosa!

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Rafael. Veja no começo do texto: não se trata de discutir o mérito das opiniões do Chico, ou se o atual governo é mais ou menos corrupto do que os demais. O que se faz é questionar a hostilidade gratuita dirigida ao Chico, lembrando sempre que a liberdade de expressão encontra limites no âmbito da responsabilidade civil (indenizável) e penal (chamar de “merda”, em tese, configura crime de injúria). Em outras palavras, pode-se expressar a opinião, mas também pode-se acabar responsabilizado por ela. Quanto ao suposto “pacifismo” do povo brasileiro, sugerimos a leitura de nosso texto, cujo link segue adiante: http://pessoaldosdireitoshumanos.com/?p=221

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Lúcio. Nenhuma hostilidade é aceitável. Só perguntamos: quantos outros incidentes semelhantes a esse com o JB ocorreram? E mais: houve alguma repercussão “positiva”, ou “orgulho” por parte da “esquerda” em razão disso? O que ocorre, ao reverso, quando os hostilizados são os membros do atual governo ou mesmo seus simpatizantes? Aí que reside uma diferença importante. De toda forma, o ódio não nos levará a lugar algum. Precisamos avançar neste ponto.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  26. FRANCISCO DE ASSIS SANTOS

    São pessoas que não sabem porque veio ao mundo, a esperança é que eles possam se encontrarem e entenderem a razão da existência da humanidade e poderem fazer por elas alguma coisa que possa ajudá-las.

    Responder
  27. Carla

    Note-se que os locais das várias agressões, como o Hospital Albert Einstein ou uma das maiores livrarias de São Paulo são locais frequentados por “burgueses” e ricos, não por pessoas diretamente beneficiadas pelos programas sociais do PT. São os coxinhas indignados por terem que pagar uma verdadeira fortuna para ter uma empregada a servi-los em casa e por não ganharem tanto dinheiro nos seus investimentos financeiros, devido à redução da taxa selic.
    Ódio social, ignorância histórica e pura arrogância e falta de educação.
    Ainda bem que são a minoria no Brasil.

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Marisa. Joaquim Barbosa foi hostilizado há mais de 1 ano, em evento isolado quando comparado aos ataques perpetrados, de forma reiterada, a membros do atual governo ou mesmo aos seus simpatizantes. Toda e qualquer intolerância deve ser rechaçada. Mas chamo a atenção para uma diferença: a dita “esquerda” nunca se orgulhou ou mesmo repercutiu as ofensas dirigidas ao JB, diversamente dos eventos que tratam de ataques a membros do atual governo e seus apoiadores, que são difundidos por redes sociais, como motivo de orgulho.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  28. José Carlos Almada

    Ora nem mais, olhando para o percurso do homem e do artista, qualquer um que diga que o Chico é uma merda, só pode ser estúpido ou filho da puta. Ou provavelmente as duas coisas! Eu por mim vou já ouvir o “Meus caros amigos” e continuar a acreditar num mundo melhor!
    De Portugal, aquele abraço!

    Responder
    1. Maria João Machado.

      Esse embate com o Chico Buarque deve ser afastado da sua obra. Magníficos artistas como por exemplo Erza Pound é considerado um dos mais importantes da sua época. Foi fascista e colaboracionista do fascismo. No caso de Chico resolveu ser defensor de um dos piores governos do Brasil. O STAF do PT na sua grande maioria foi condenado por formação de quadrilha. É notória sua obra e também o seu comprometimento com essa quadrilha que levou o país a falência..

      Responder
  29. Sérgio M.R.

    Resposta inteligente para CHICO BUARQUE, escrita por Daniel D’Ane:

    “Perdoe se minha admiração não é irrestrita. Você apoia quem rouba, quem roubou e quem tem roubado, não tem discussão.
    De Paris, você não se importa em ver a Pátria Mãe, tão distraída, ser subtraída em tenebrosas transações. Afasta de ti esse cálice, Chico!
    O que será que lhe dá pra defender quem não tem decência, nem nunca terá, quem não tem vergonha, nem nunca terá, quem não tem limite?
    Cantei cada uma de suas canções como se fosse a última!
    Olhos nos olhos, dói ver o que você faz ao defender quem corrompe, engana e mente demais.
    Não é por estar na sua presença, mas você vai mal. Vai mal demais.
    Eu te vejo sumir por aí, arruinando sua biografia, que se arrasta no chão, cúmplice de malandro com aparato de malandro oficial, malandro investigado na Polícia Federal.
    É, Chico, você tá diferente, já não te conheço mais. Quem te viu, quem te vê!
    Trocando em miúdos, pode guardar as sobras de tudo que não conseguirem roubar.
    Apesar de você e do PT, amanhã há de ser outro dia.”

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Sérgio. Só peço que atente a um detalhe: já no início do texto deixamos claro que não se trata de defender o PT ou discutir quem é o mais ou menos corrupto. O foco é rechaçar qualquer hostilidade, sempre lembrando, inclusive, que a liberdade de expressão pressupõe responsabilidade, não podendo ser exercida com abusos.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
    2. Carlos Alberto Merhy Silva

      Primeiro de Abril/
      Autor Carlos Alberto Merhy Silva (Carlito Silva)/
      Já nos passaram / Até um primeiro de abril/
      E nos mandaram / Para a puta, que o pariu… /

      Com aquele golpe, / Que rasgou a nossa carta…/
      Tornando a nossa vida, / Que era bela, tão ingrata./

      Encurtaram nossas penas… / Sem pena!/
      E sem defesa / decretaram nossas penas./

      Fizeram tanto mal… / Com suas penas./
      Apagaram tanta gente… / Sem pena!

      Com seus fuzis puseram fim / A nossa liberdade…/
      Matando todas as nossas ilusões… Que falsidade!

      Ofuscaram nossas mentes Pondo fim a alegria.
      E nos causaram tanto mal… Quanta agonia!

      Anunciaram para o mundo o nosso fim…/
      Rasgaram até a nossa constituição/
      Prisões e mortes sufocaram ilusões./
      Penalizado foi assim que eu cresci./

      Como indigente nossa gente… / Ficou doente/
      Sem liberdade de expressar / Como dementes…/

      Ao ver no lixo da dita-cuja, / A nossa liberdade./
      Nossas razões e emoções… / Que bandidagem!/

      Mas como Fênix, das cinzas, / Ressurgimos reagindo… / Contra tudo e contra todos / Que exploram a Nação/

      Ao som da bossa, / Fomos pras ruas fazendo troça…/
      Na Tribuna da Imprensa… / E nas criticas do Pasquim./

      Responder
  30. Maria Alice Cerdeira

    Bruno B.Baghim,o senhor só podia ,com este excelente texto ,ser da defensoria pública, uma “parte” do Judiciário que enxerga muito mais que os ,digamos ,”outros” do poder judiciário.Estou muito decepcionada com todos os poderes mas o Sr me dá esperanças

    Responder
  31. Fernando Martins Corrêa

    O que estamos presenciando nesses dias é reflexo do ódio dissiminado pelo pessoal do PSDB, seu presidente Aécio Neves, o sociólogo FHC, senador Aloísio Nunes, Serra e todos os outros membros inferiores desses que se julgam uma casta superior da sociedade.
    Muitos alimentavam esse ódio mas nunca tinham tido a coragem de mostrá-lo, pois foi à partir da não aceitação da derrota eleitoral imposta a ele Aécio, e ao PSDB que, com a ajuda inestimável de grande parte da imprensa brasileira, que mais se parece com um partido político tão sujo ou interesseiro como muitos dos 30 e tantos partidos existentes no Brasil, que tudo isso está sendo incentivado dia a dia, provocando essa paralisia do país, esse boicote em massa e a adoção da política do quanto pior melhor, e tudo isso somente para um dia quem sabe, poderem voltar ao poder. Lamentavelmente muitos ainda se se deixam levar por essa nossa imprensa interesseira e assim como os políticos citados, desejo de nunca presenciar mudança nenhuma no país, principalmente se nessa mudança estiver embutido uma melhora de vida e talvez até uma mudança de patamar social da grande maioria da população.

    Responder
  32. Northon

    Concordo com tudo que você falou …e eu adoro o Chico e não faria o que fizeram com ele …apenas acrescentaria a frase final que ele é um gênio sim…como compositor, poeta e até quem sabe escritor, mas discordo em generalizar ….em questão de política, pra mim ele está muito abaixo da genialidade !

    Responder
  33. Marcia

    Me desculpe, mas o senhor comete os mesmos erros daquele a quem acusa. Eu não sou petista, não gosto do PT. Mas não quero a volta dos militares (de jeito nenhum), não vou à Paulista com camiseta da CBF, não nego a existência da homofobia nem do racismo (sou judia e casada com negro, portanto sei bem o que é isso), não sou coxinha, desinformada e não acho que bandido bom é bandido morto. Assim como os petistas se vêem injustiçados com as consequências dessa polarização estúpida, muitos não-petistas também assim se sentem, afinal também não somos todos estúpidos ou do mal. Sejamos TODOS mais razoáveis e tolerantes, por favor.

    Responder
  34. Delvair Cenci

    Vivi o periudo militar so tenho elogios da quele peroudo. Quem nao viveu aquela epoca, antes de acrêditar na historia reinventada pelos atuais governantes vejam oque seus pais ou avos tem a dizer.

    Responder
  35. marta maria hanser

    Apóio seu texto e comungo de sua opinião. Só talvez tenha faltado você explorar o gigante papel de uma imprensa golpista, que aos poucos ganha a adesão inclusive dos que mais foram favorecidos com os projetos sociais deste governo atual. Martela-se diariamente por inúmeras vezes o mesmo refrão, cujo tema, assunto e resenha limita-se à ideai de corrução = PT… Imprensa golpista de sempre.

    Responder
  36. cleo rosetti

    Triste a situação em que o mundo se encontra. Necessitamos desenvolver a empatia e o respeito referente a tudo que nos cerca, quer sejam pessoas, ideias ou mesmo opiniões, pois é na diversidade que conseguimos perceber a manifestação do todo. Precisamos ampliar nossa visão, tirar o foco de nosso umbigo!

    Responder
  37. Édy Carlos Monteiro

    Acho que a nossa sociedade está doente.
    Hoje em dia, com as redes sociais, ninguém respeita ninguém, o que importa é a opinião de cada um, um egocentrismo virtual.
    O pior que isso ressoa, criando pessoas cada vez mais sem educação e sem noção do que é certo ou errado, defendendo, ou melhor, impondo somente o seu ponto de vista.

    Responder
  38. Eduardo Teixeira

    Texto muito bom, parabéns. Chico não é um merda (mas essa é minha opinião).
    Nem todos que divulgam sua opinião na Internet são imbecis (acho que esta é a nossa opinião).
    e nem todos que querem o impeachment são a favor da ditadura (essa é minha opinião ou nossa?)..

    Responder
  39. JOSÉ AUGUSTO SIQUEIRA

    Precisamos tirar proveito de tudo isso, pois as pedras que são atiradas contra os direitos humanos e na democracia, podem ser utilizadas no alicerce de um novo modelo politico que precisamos construir nesse país. Quando houve o grande golpe militar nas Américas do sul e central, foi promovido um genocídio sem precedentes no intuito de extinguir a democracia nesse continente, mas Deus não quis assim então vivemos hoje um momento de liberdade politica, porém erramos ao afastar as serpentes sem tirar suas presas e seu veneno, pois por volta e meia tentam retornar ao paraíso.
    Sem leis à altura de punir merecida e justamente aos que promovem o terrorismo social que desestabiliza a ordem democrática, não teremos um modelo esperado ou desejado!

    Responder
  40. José Emilio JUnior

    Democrático é expor suas idéias, mesmo que contrárias à maioria! O que me parece é que ser contra aos “caudilhos” dos anos 60, 70 e 80 hoje é feio! Vejamos o que (Gil, Caetano, Chico, Roberto Carlos, Erasmo, Gal, Alcione, Dilma, Lula, outros lixos culturais etc…) fizeram nos chamados anos de chumbo! Só transgrediram com drogas, assaltos, sequestros, incitação a violência, promiscuidade, bebidas enfim, eram os “pseudos-intelectuais” (menos o Lula que era pseudo-analfabeto) agindo na base da transgressão.Parem de enaltecer vagabundos e olhem mais para o pilar de tudo; A FAMÍLIA. Bando de babacas e pucha saco de estelionatários verbais!!!

    Responder
  41. Rodrigo Barros

    Chico Buarque é um compositor, e escritor, ativista cultural, muito notável. Artisticamente jamais perderá seu valor. Mas suas convicçoes pessoais, sobretudo às políticas, que inclusive favorecem a ele, são muito duvidosas. Ele apoia o PT, fala mal de PSDB, e omite sua relação com um plano maior do PT. Ele faz isso, por amor ao Brasil? Se o faz, porque não expor seus pensamentos e qual sua relacão verdadeira e seu papel como alguém que é figura pública que apoia o PT? Sua reputação idônea quado fez Cálice, certamente de forma sublime, conseguiu atingir uma grande parte da população com um recado mais que direto à ditadura militar dos anos aproximadamente entre 67 – 83. Mas e agora, que O PT, faz com o país algo pior que a ditadura militar fez, o que ele escreve? o que ele fala? sobre os roubos e líderes presos, envolvidos nos maiores escandalos de corrupcao, qual é a música que ele está escrevendo? Certamente deve ser um Cale-se aos brasileiros que votaram e que nao votaram no PT, para que eles, petistas, continuem explorando o nosso país, inclusive com projetos culturais que ele, o Chico, participa.

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Rodrigo. Como frisamos no começo do texto, não se trata de discutir qual partido ou governo é mais ou menos corrupto, e nem mesmo debater o mérito das posições do Chico. O foco é criticar a intolerância cega que se alastra pelo país.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  42. Hermes

    Concordo que há uma legião de imbecis atacando pessoas comuns pela sua ideologia. Mas concordo plenamente com ataques a pessoas públicas que tenham sido condenadas ou como Cunha por exemplo, que seja atacado e envergonhado em público toda vez que ali comparecer, bem como sua família. Pode parecer uma atitude extrema, fascista, mas se pensar bem, nesse país os bandidos grandes são muito bem tratados. Deveriam sim ser envergonhados, passar por constrangimentos constantes, ser lembrados do mal que fizeram, das pessoas que morreram pela corrupção, ser atormentados socialmente em toda oportunidade que surgir. Só assim, perceberão que as pessoas querem sim que isso acabe, não alguns moleques e gatos pingados fazendo passeata no meio da rua, mas toda população mostrando seu desprezo pelos corruptos e sua corrupção.

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Hermes. Entendemos sua opinião, mas é preciso cuidado. Mesmo criminosos condenados têm direito a ver sua imagem e sua honra preservadas. No caso, mesmo que no lugar do Chico tivéssemos algum político corrupto já condenado, as ofensas a ele dirigidas seriam inclusive passíveis de responsabilização, tanto civil (indenização) como penalmente (por exemplo, chamar de “merda” configura, em tese, crime de injúria). Precisamos frear a intolerância cega que se alastra pelo país.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação. Não há seletividade. Toda intolerância deve ser repudiada, independentemente da procedência das ofensas. No caso, o evento envolvendo o Chico Buarque não exclui a gravidade dos fatos envolvendo Yoni, que já ocorreram há algum tempo.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  43. anjos

    O grande PROBLEMA da rede globo e da elite brasileira não é a corrupção e sim o PT e a inclusão das minorias. O dia em q o partido sair do governo as denúncias d corrupção deixarão d ocupar as manchetes mensais da emissora, tal qual se ve ainda hj qd esta denuncia as prefeituras do Brasil a fora. A importância q a globo da a corrupção em outros partidos é tamanha q no dia seguinte já nem se lembram quem e onde foi o caso. Não sou a favor da corrupção, sou contra a forma como a emissora conduz e noticia cada caso. É incrível como esta emissora é capaz de desconstruir a história política do Brasil incitando a sociedade a se voltar contra si própria, e pior q consegue. Distribuição de renda e acesso onde negros e pobres nunca imaginaram chegar é uma AFRONTA à elite brasileira q herdou e reproduz a cultura do preconceito e da discriminação contra negros e pobres.
    A história do Brasil segue desta forma, retilínea: “governo q promove pobres é governo comunista”. Foi assim com uma parcela do governo Vargas, com Janio e João Goulart, está se repetindo no nos governos do PT.
    Não citei na minha análise nenhum cientista político nem sequer um teórico da história ou dasociologia. Reflito baseada na experiência de vida de uma sociedade q viveu como nossos pais, Chico Buarque e tantos outros q vivem hoje para testemunhar q a história se repete em forma de tragédia.

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação. Brilhantes colocações. Realmente há uma grande resistência aos avanços das conquistas sociais, inclusive com apoio da grande mídia (Globo, VEJA, etc..). A manipulação do povo brasileiro por esta mídia é um grande mal da nossa história.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  44. Valterci "Hulkinho"

    Parabéns pelo texto.
    Moralidade, – talvez seja isso que falta para pessoas como “eles”. Gente bem educada, bem alimentada, informada, bem instruída, – mas como diz o poeta Nelson Cavaquinho … “com a moral toda enterrada na lama”
    Não sou petista, muito menos PSdebista, – no entanto não desejei a morte de Lula quando este estava em tratamento de um CA e muito menos desejei um “bem feito” sobre a morte do filho de Alckimin. Somos seres humanos e deveríamos nos comover com a dor alheia. Atitudes como a do Play boy revela esse desvio de humanidade. Faltou moralidade, o respeito ao direito do outro ser o que ele quiser. O problema “é que Narciso acha feio o que não é espelho”.
    Grande abraço!

    Responder
  45. Ronaldo Machado

    Engraçado, quando Mario Covas foi hostilizado e agredido, por baderneiros petistas na entrada do Palácio Bandeirantes, ninguém falou nada. Mas ele disse que não entraria pela porta dos fundos, e não entrou, do palácio onde ele era governador, e que aquelas pessoas só podiam estar ali fazendo manifestação porque ele LUTOU PELA DEMOCRACIA.
    ONDE ANDAVAM OS DIREITOS HUMANOS ????
    Quanta incoerência.

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Ronaldo. Como frisamos no começo do texto, não se trata de discutir qual partido ou governo é mais ou menos corrupto, e nem mesmo debater o mérito das posições do Chico. O foco é criticar a intolerância cega que se alastra pelo país.

      Quanto ao caso Covas, realmente se tratou de um evento lamentável, inclusive com ele sendo puxado e agredido pelos manifestantes, o que à época foi devidamente criticado. O que houve com ele não dá razão aos agressores de Chico, assim como as ofensas a este não diminuem a gravidade do eventoe envolvendo Mário Covas.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  46. Roosevelt Ramos da Silva

    Bruno, boa noite!
    O nosso poeta foi maltratado por alguns possiveis ” desequilibrados “, parece que isso jah vem fazendo parte do ADN da cultura brasileira, apesar de “patria educadora”, estamos cada vez mais violentos !
    A ONU criticou o Brasil por desapropriacoes para Copa e Olimpíada, voces ja leram algo sobre esta realidade? Nao deu muita repercussao, afinal sao literatas do medo, possivelmente pais daquelas criancas que nos semaforos cheiram cola de sapateiro para inibir a fome !
    Foram dias duros para centenas de Chico Pereira, Chico da Silva, Chico Oliveira e seus familiares, poetas da vida, que violentamente foram sacados corvademente dos seus lares, desapropriacao daquele tipo sai da frente que “eu tenho a forca”, “nada parecido com o que aconteceu com o ilustre poeta”……………. sao esses episodios e outros que lamentavelmente estimulam esse tipo de insanidade !
    Nem vamos comentar que o Brasil isentou de impostos a FIFA, esse ninho de cobras e corruptos , sendo tambem que os nossos brasileiros de boa feh ainda trabalharam de voluntarios para esses canalhas oportunitas!
    Jogar pedra na Geni prezado Bruno nao eh soh inspiracao de poeta, mas realidade do Brasil onde irmao eh instimulado a odiar seu irmao!
    Muita paz! Roosevelt

    Responder
  47. Roosevelt Ramos da Silva

    O nosso poeta foi maltratado por alguns possiveis ” desequilibrados “, parece que isso jah vem fazendo parte do ADN da cultura brasileira, apesar de “patria educadora”, estamos cada vez mais violentos !
    A ONU criticou o Brasil por desapropriacoes para Copa e Olimpíada, voces ja leram algo sobre esta realidade? Nao deu muita repercussao, afinal sao literatas do medo, possivelmente pais daquelas criancas que nos semaforos cheiram cola de sapateiro para inibir a fome !
    Foram dias duros para centenas de Chico Pereira, Chico da Silva, Chico Oliveira e seus familiares, poetas da vida, que violentamente foram sacados corvademente dos seus lares, desapropriacao daquele tipo sai da frente que “eu tenho a forca”, “nada parecido com o que aconteceu com o ilustre poeta”……………. sao esses episodios e outros que lamentavelmente estimulam esse tipo de insanidade !
    Vale comentar que o Brasil isentou de impostos a FIFA, esse ninho de cobras e corruptos , sendo tambem que os nossos brasileiros de boa feh ainda trabalharam de voluntarios para esses canalhas oportunistas!
    Jogar pedra na Geni prezado Bruno nao eh soh inspiracao de poeta, mas realidade do Brasil onde irmao eh instimulado a odiar seu irmao!
    Muit
    a paz! Roosevelt

    Responder
  48. Brunno Guedes

    Oi
    Belo texto, só não concordo quando VC generalizada no fim do seu texto, na internet temos de tudo, pessoas que nem sabem o que curti. Temos que ter cuidado com as massas de manobra e ensinar, os jovem a pensarem por conta própria,
    Estamos vivendo numa erá de conflitos de RAÇA – GÊNERO – generalizando tudo e todos, pelo simples fato do não querer saber ou do não saber. Eu votei no PT e nao concordo com muitas coisas que o partido vem fazendo. Sou a favor da pena de morte , da volta da diciplima humanas e civis nas escolas e nem por isso faço mal aos meus semelhantes. TEMOS QUE PARAR DE HIPPCRESIA, e lutar por um pais melhor. Nao concordo com este trecho!
    (muito menos se.é verdade.Que vestem a camisa da CBF para clamar contra a corrupção e pedem a volta dos militares. Que negam a existência do racismo e da homofobia. Adeptos do discurso do “bandido bom é bandido morto”, tentam linchar uma criança em plena praia de Copacabana. Também acham que refugiados haitianos e médicos cubanos são guerrilheiros infiltrados. Os paranoicos de sempre.)

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Brunno. O debate é válido, e as críticas são tão bem vindas quanto os elogios. Buscamos o debate saudável. Quanto à generalização, este é um cuidado que todos devemos ter. O texto atribui aos agressores de Chico a mesma “estirpe” das pessoas que vestem camisa da CBF, etc.. , mas sem generalizar. Quanto à pena de morte, sugerimos a leitura de nossos textos sobre o tema, no próprio portal, para debate.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  49. Flavio

    Nem todas as pessoas que hostilizam Chico são da mesma estirpe das que disseminam o ódio pela Internet. Nem todos são contrários a benefícios assistenciais, cotas raciais e outras ações afirmativas. Nem todos vestem a camisa da CBF para clamar contra a corrupção e nem todos pedem a volta dos militares. Poucos negam a existência do racismo e da homofobia. Adeptos do discurso do “bandido bom é bandido preso e recuperado”, tentam linchar uma criança em plena praia de Copacabana. Também acham que refugiados haitianos e médicos cubanos chegam sem controle nenhum, o que todos países fazem, tente entrar em algum. Estou paranoico com a corrupção desmedida.

    Responder
    1. Margarete

      Chico Buarque é compositor e escritor de indiscutível qualidade. Seu posicionamento político na época da ditadura sempre foi claro. Ir morar em Paris? Até eu queria. Dizem que religião, time de futebol e posicionamento político tem que ser respeitado e concordo. A intolerancia tem aparecido em todos os lados e locais. O fato de ser fã de carteirinha do chico não impede de discordar do seu apoio ao PT. Pior estou eu que politicamente não acho ninguém para apoiar.

      Responder
  50. Adriano

    Talvez, faltou o nobre escritor, dizer que pessoas hoje estão morrendo em hospitais, por conta de uma roubalheira danada, apoiada pelo nosso Chico Buarque e outros mil. Porque se apoias esta governança, esta apoiando isso também.
    Talvez, isso não fique visível, porque não vemos ninguém no hospital metendo uma 45 na cabeça no paciente e apertando o gatilho e vendo, diante das câmeras, a queda do corpo no chão, mas a falta de recursos, vem matando lentamente quem precisa do apoio do governo, que tem a obrigação de prover pelo menos a saúde.
    Não sei quem é que MATA mais, quem esta no governo e tem o poder de melhorar a vida de milhares, ou quem escreve, apoiando este governo iludindo a cabeça de milhares de alienados sejam artistas ou pessoas “normais”.
    Mas, cada um segundo a sua consciência.
    E o Chico continua sendo o Chico… O artista interessado nos incentivos do governo e na desgraça de sua pátria “tão” amada…

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Adriano. Note que já no começo do texto o autor deixa claro que não se trata de defesa do governo atual, ou de um debate sobre quem é mais ou menos corrupto. O foco é a crítica à intolerância política, que se alastra pelo país, e que mata muito: nas periferias, no apoio a políticas violentas, à parlamentares adeptos do discurso do ódio, e por aí vai. Não só a corrupção mata, mas também a omissão diante da violência estatal.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
    2. Luciana

      Não votei no PT e nem no PSDB, mas tenho 36 anos e desde que “me conheço por gente”, milhares de pessoas morrem nos corredores de hospitais…”

      Responder
  51. José

    O problema não é este cantor ser petista! O grande problema é ele receber e muito bem, com o nosso dinheiro, para ser petista e ir contra tudo o que ele sempre pregou em suas letras. Acredito que certo está um outro grande artista brasileiro que diz: ” Eu desconfio de todo idealista que lucra com seu ideal”…

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, José. Só não esqueça que muitos artistas, inclusive “oposicionistas”, recebem ou receberam pela Lei Rouanet, que aliás é de 1991, do Governo Collor, tendo sido assinada pelo então Ministro da Justiça, Jarbas Passarinho, que fora ministro no período militar.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  52. alex

    É um merda sim! Um merdão. Um produto instalado pela mídia e revendido pelos maconheiros e drogados metidos a intelectuais. Um cuzão, tratado como ícone de cultura de sem que suas músicas digam coisa alguma da realidade. Um monte de metáforas sem sentido, e sei o que digo pois sou professor de literatura e desde muito cedo aprendi a reconhecer a arte das letras. Hipócrita, mentiroso e bandido. Quem recebe do governo para defende-lo não tem caráter e nem moral. E antes de dizer que a direita implantou o ódio, quem dividiu a população entre pobres e ricos, héteros e homos, negros e brancos foi aquele VAGABUNDO de 9 dedos. Continuem com essa merda toda, pq a ANTA não aprende e não para de fazer as cagadas dela, e vocês verão a merda que fizeram quando o exército assumir. Aí vão chorar… por algo que ninguém em sã consciência quer, mas do jeito que o governo nojento de vocês age, é o que vão conseguir.

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Obrigado pela participação, Alex. Não se esqueça que muitos artistas, inclusive oposicionistas, receberam pela Lei Rouanet, que aliás é de 1991, tendo sido assinada pelo então Min. da Justiça, Jarbas Passarinho, que fora ministro do governo militar. Quanto à divisão da sociedade, o problema não foi quem implantou, mas o fato de que os antes oprimidos hoje têm voz, e isso incomoda.

      Nos acompanhe também pelo Facebook: https://www.facebook.com/pessoaldosdireitoshumanos

      Boas festas,

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  53. vera lúcia Cesário

    Quem é Chico Buarque?
    Um homem, compositor, escritor, pai, etc que compôs tanta coisa linda que no mínimo 50 milhões de pessoas conhecem e já cantaram… Talvez mesmo não sabendo que era dele: desde a banda ,músicas infantis como saltimbancos …etc…etc;;
    e quem são os Outros?
    Anônimos… coitados..
    Alguém sabe o nome deles?
    Lógico que mesmo sabendo ninguém quer falar agora..e …
    Viva o nosso Eterno Chico!!!
    Chico Buarque de Holanda! ( Dele sabemos o nome e sobrenome)

    Responder
    1. vera lúcia Cesário

      Quem é Chico Buarque?
      Um homem, compositor, escritor, pai, etc que compôs tanta coisa linda que no mínimo 50 milhões de pessoas conhecem e já cantaram… Talvez mesmo não sabendo que era dele: desde a banda ,músicas infantis como saltimbancos …etc…etc;;
      e quem são os Outros?
      Anônimos… coitados..
      Alguém sabe o nome deles?
      Lógico que mesmo sabendo ninguém quer falar agora..e …
      Viva o nosso Eterno Chico!!!
      Chico Buarque de Holanda! ( Dele sabemos o nome e sobrenome)

      Por favor, pais desses meninos
      Ensinem à eles respeito aos mais velhos e a pessoas que de uma certa forma contribuíram para história de nosso país..

      Responder
  54. Ed

    Você apenas se contradiz neste trecho:
    “Contrários a benefícios assistenciais, cotas raciais e outras ações afirmativas.”

    São posicionamentos políticos também, mas de caráter pejorativo no contexto que você apresenta. Ele não merece mais respeito que eu apenas por suas conquistas artísticas, também mereço respeito por ter opiniões contrárias às suas, por exemplo, que aparentemente apoiam essas medidas.

    Responder
  55. Denis Cardoso

    Alex ótimo comentário, sempre quis fazer está pergunta. Pra que direitos humanos? Qual o intuito? Quem é o real idealizador deste? Para que realmente foi criado? Pelo nome acreditava que seria para defender os reais humanos, mais não passa de um bando sem noção que só se preocupam com os direitos próprios, acredito que nunca tiveram um parente assacinado, só defendem ladrão. Não vou falar mais para não me comprometer.

    Responder
  56. VALTER J MUNHOZ

    “Maior ícone da música brasileira”?????? KKKKKKKKKKKKKK….. rindo até 2029.
    Cantor ??????????????? Que cantor ??????????????????
    A voz desse MERDA é muita boa pra vender pipoca, água no trem, e olhe lá.
    ELE É SIM, UM MONTE DE MERDA. RIQUINHO METIDO A INTELECTUAL.
    porque ele não distribui a fortuna dele aos pobres que o PT está massacrando ?
    BANDIDO IGUAL Á TDOS DO PT.

    Responder
  57. André

    Minha opinião é simples, o PT roubou e deve sofrer as penalidades da lei, mas não foi só o PT, PSDB roubou também ( caso alguém discorde, favor pesquise sobre o metro são paulo), PMDB nem se fala né? ( Eduardo Cunha, Renan Calheiros), Portanto se eu quero uma mudança no país que eu tanto amo, eu não posso ser como eles, tenho que ser honesto, tenho que dar o exemplo, então quando eu sou parado numa blitz e estou errado aceito as consequências e não pago o policial por exemplo, o que me deixa chateado é que eu pertenço a classe social mais alta de São Paulo, e aqui só tem babaca, salvo algumas exceções, enquanto os “pseudoricos”, vulgo funcionários de alto escalão acham que estão indo as ruas para defender suas opiniões, vejo mega empresários, conversando de como diminuir os salários desses mesmos funcionários a fim de obter mais lucro, me vejo num mundo de interesses mesquinhos, de gente alienada e influenciada pela rede globo de televisão ( pra quem acha que não, favor fazer um comentário no G1, expressando uma ideia legitima e sem disseminar o ódio e veja seu comentário ser censurado), vejo pessoas radicais disseminando o ódio dentro de casa, para os próprios filhos, vejo gente esquecendo significado de família, o significado de mudança, e o que mais vejo é gente falando vou morar nos EUA. Para essas pessoas eu dou um recado, para conseguir um Green Card você precisa injetar R$400 mil dolares na economia americana, abrindo um negócio e tem contratar um número grande americanos para trabalhar para você, enquanto vocês defendem, a economia deles, eles exploram vocês… ( detalhe tenho familia lá, um primo meu quebro o braço e deixou 5 mil no Hospital, reclamem do SUS….), Bem vindos ao meu mundo…Um Abraço

    Responder
  58. Valmir cruz

    Nunca acreditei no PT, assim como não acredito em muitos outros partidos.
    O problema está nos brasileiros que na primeira oportunidade se vendem aosa porcos! Ser justo, neste país é pior que ser assassino! São justamente as pessoas decentes que pagam pelo mal que os outros fizeram.
    Enquanto a cultura do jeitinho brasileiro não se extinguir, estarem condenados a pagar pelos erros alheios.

    Responder
  59. Mauricio

    Parabéns
    Texto perfeito, lucido e oportuno !!!! O que estraga sao alguns comentarios que utilizam termos como Elite, coxinha, mauricinhos mimados que só demonstram que não entenderam nada do que vc escreveu !!! Deve ser frustrante !!! Abs

    Responder
  60. Mauricio Okamoto

    Texto perfeito, lucido e oportuno, o que estraga sao alguns comentarios que urilizam termos como Ralé, elite, mauricinhos e mimados que mostra que não entenderam nada do seu texto, frustrante!! Abs

    Responder
  61. MOISES

    Discordo totalmente do texto, se a intenção foi defender o C. Buarque, para mim não adiantou…Ele continua sendo um merda. E pouco importa se consideram imbecis quem assim o julga. Quem tem a intenção de defender o autor, cantor, enfim, o artista de merda, que se coloque no lugar de um filho que perdeu sua mãe por falta de atendimento médico, ou o pai que viu sua filha de 22 anos ser assassinada pq um fdp drogado cismou em roubar o carro dela. E não me perguntem qual a culpa de C. Buarque pq eu vou responder que ele tem toda a culpa. Quem defende um governo corrupto, perdulário, tendencioso no mínimo é conivente com a situação. Ele, como artista, deveria ser o prta voz de um povo sofrido. Na minha opinião, todo político FDP deveria ser vaiado, xingado pela população. É o mínimo que podemos fazer.

    Responder
  62. O

    Gostaria-me primeiramente congratulá-lo pela defesa a Chico Buarque e a elucidação sobre a crescente conduta hostil ocorrendo física, verbal e cognitivamente na sociedade brasileira devido a esta pandêmica distorcida e desencaminhada revolta . Contudo gostaria-me também atentar-lhe a suas conclusões – que, paradoxalmente ao resto de seu texto, que execram a parcialidade, acabam por parcializar-se. Ao analisarem-se as exaltações ou práticas agressivas mais atentamente clarifica-se que ocorrem nem especifica nem restritamente no estereótipo acima cunhado como “pessoa de bem”, embora ocorram sim aí. Pervadem mais facilmente ,sim, em meio a quem, visto repentinamente privado de seus direitos ou confortos vê-se aquém de condições argumentativas, informacionais ou financeiras para fazer suas frustrações ouvidas e rapidamente apela à revolta, à manipulação e às exegesis mais simplistas – ficam ao critério do leitor rotulações. Mas o melhor é não fazê-las, pois da falta de ideologia (leia-se educação) e não da ideologia errade surge a mencionada “paranóia de sempre”. Por detrás da candura do seu texto existe a arraigada concepção que insiste em segregar a sociedade em “estirpes” e preconcebe atributos – a mesma concepção responsável pelos impropérios contra Chico Buarque. Que se escreva tão leviana e inscientemente tal texto é tão preocupante quanto o próprio tema seu, mas também tão esclarecedor na medida em que epitomiza a profundidade em que se inculca a “paranóia” em nós.

    Responder
  63. Makota Celinha Gonçalves

    Parabéns pelo excelente texto. Sabemos que o crescendo de ódio em nosso país, é motivado pela ascensão dos mais pobres e dos negros historicamente excluídos em nosso país. Há um inconformismo por parte da elite brasileira em ver privilégios históricos serem desmontados. Não dão conta de entender o que já dizia Aristóteles: ” Iguala os desiguais na medida que desigua-la” .
    Parabéns e um ótimo 2016.

    Responder
  64. Andres Papa

    É claro que faltam muitas outras, mas entre as fotos do site não vi nenhuma relacionada a Cuba. Há várias que poderiam ser postas, por exemplo, as “damas de blanco” sendo agredidas por policiais e agentes vestidos de civil todo final de semana (já faz muitos finais de semana) ou o afundamento do “remolcador 13 de marzo” no qual morreram várias crianças, …

    Responder
  65. Andres Papa

    Por último, a frase do Umberto Eco deveria ser alguma coisa para ele se arrepender por sempre. Ou ele também gostaria de decidir o que as pessoas podem ou não pensar, publicar, …? Teremos que fazer teste de QI e depois perguntar para ele se merecemos ou não publicar a nossa forma de pensar?

    Responder
  66. Flavio Garret

    Não fui o único a notar a parcialidade do seu texto.

    Que a intolerância e o ódio se implantaram no debate político brasileiro, isso é óbvio, mas se o senhor deseja ajudar a melhorar o cenário, cite exemplos de AMBOS os lados do espectro. Citando apenas um, o senhor fomenta MAIS ódio. Será que é difícil entender isso? Apenas observe os comentários e note a enxurrada de xingamentos também gratuitos aos “playboys vagabundos” e “coxinhas analfabetos políticos defensores da ditadura”. Pois é, meu amigo, o seu texto AJUDOU a aumentar o ódio.

    Precisa ser muito ingênuo (ou mal intencionado) pra não reconhecer que ódio gera ódio, que toda ação gera uma reação. Existem pessoas que jogam baixo dos dois lados. Reconheça isso.

    Mas eu não vou parar por aqui e dizer que ambos os lados são iguais. Não são. A grande diferença, meu caro, é que do lado “esquerdo”, você tem LÍDERES PARTIDÁRIOS espalhando ódio. Tome como exemplo a reação do Lula, do Rui Falcão, e até mesmo SUA, ao incidente dos xingamentos à Dilma na abertura da Copa do Mundo. Qual foi a reação do Lula? Ele disse : “Isso é coisa da elite branca. Não é o povo. Veja só, é um lugar onde o ingresso custa R$500. Eles estão desgostosos porque agora pobre anda de avião”. Pare um pouco pra pensar. O que você diria sobre o caráter de uma pessoa que NÃO QUER que outro suba na vida? Eu só consigo pensar em “filho da puta”. Foi isso o que o Lula fez : chamou 70 mil pessoas de filho da puta, pra sair no jornal que for. Mas não pára por aí. A reação do Lula visa anular toda e qualquer opinião vinda de gente com dinheiro. Não merecem ser ouvidos. Não são povo. Não importa se o nível escolar é notoriamente alto, se ali no meio tem muitas pessoas com cultura, que falam outras línguas, que conhecem outros países, que trabalham em grandes empresas … nada disso importa. Eles são ricos, então têm mais é que calar a boca porque não são o povo. Essa é a lógica do Lula. Mais uma vez … não é a lógica de algum blogueiro radical de esquerda, ou de alguém exaltado numa mesa de bar. É a postura do EX-PRESIDENTE LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA. É a postura da Marilena Chauí, pessoa CHAVE no quadro do PT. Você quer um xingamento mais escroto, mais nojento, mais BAIXO do que esse? De desqualificar completamente o argumento de uma pessoa porque ela é parte de uma “elite”, de uma “classe média fascista” ? Aliás, o uso do termo “classe média” pelo PT é algo divertido, porque eles fazem a propaganda que milhões e milhões de pobres entraram na classe média, mas quando a tal da “classe média” brada contra o PT, de repente ela vira a “elite” vilã. Curioso isso.

    Falando agora sobre o ódio vindo do pessoal anti-PT … Corrija-me se estiver errado, se você assim o fizer mudará minha opinião …. ache UM exemplo onde um líder partidário tucano tentou rebater qualquer posição dizendo “isso é coisa de petralha comunista”. UM EXEMPLO. Na internet consigo ver vários exemplos desse tipo de xingamento esdrúxulo. Mas são pessoas comuns. Blogueiros comuns. E sim, tem gente com pouco apreço à democracia (assim como do lado esquerdo). Mas me cite UMA PESSOA líder do PSDB fazendo discurso de ódio. Não cite o tosco do Bolsonaro, aquele cara é tão caricato que nem merece comentários. Continuo com o desafio : encontre UM exemplo de líder partidário tucano que esteja espalhando ódio com alguma declaração. Encontre alguma frase do FHC, do Aécio Neves, do Carlos Sampaio. Eu não morro de amores pelo PSDB, aliás estou certo que caso estivessem há tanto tempo no poder, estariam fazendo igualzinho ao PT. Mas discurso de ódio vindo de lideranças partidárias, eu só vejo do lado vermelho.

    Responder
  67. ANILDOMA WILLANS DE SOUZA

    Olá.
    Moro no sertão do Pajeú, em Serra Talhada, estado de Pernambuco.
    LULA, o PT e Dilma nos ajudaram na construção da CIDADANIA. Melhorou muito nossa vida no sertão. Temos Universidade no terreiro de casa. Temos a seca mas a fome não bateu na porta. Posso fazer minha feira e tomar uma cerveja no final de semana. Viajo pra São Paulo de avião. Compro roupas onde quero.
    Aqui pra nós, todos os outros governos tiveram chances de fazer, mas não fizeram. O PT fez. Então, paciência.
    A agressão ao Chico atinge todos nós. Mas, cabeça erguida, a elite tabacuda, porém covarde, continuará estribuchando.
    Vamos adiante, a batalha final vai ser linda!!!

    Responder
    1. O

      Primeiramente, teu contentamento com o injusto retorno de nossos impostos é desolador; porém, justamente decorrente da despreocupação dos outros governos com protecção social, como o falaste. Entretanto lamento informar-te, mas a melhoria na qualidade de vida é insustentável, pois constitui-se de pequenos “mimos” eleitorais ao invés de do resultado duma série de investimentos em pontos-chave para promover o desenvolvimento. Ou seja, provoca o aumento de gastos do governo sem algum retorno econômico, sem que façam-se aumentar os impostos – eventualmente se corroerá pela instabilidade econômica e crescente inflação decorrentes da mesma improbidade gerencial. O que não se deve mais tolerar é a má administração do nosso orçamento- seja ela de qualquer governo , com a profligaria desmedida e destoante da realidade econômica mesmo de países muito mais ricos- e apenas permitida porque a população está preocupada em achar um bode-expiatório para a repentina ( ou endêmica?) crise – presidentes, ministros, classes sociais, quem sabe os judeus?. Tudo o que conquistou-se aí em Pajeú, imagina-o dez mil vezes. Imagina transportes públicos, como bondes eléctricos e ônibus, a educação realmente inclusiva e de qualidade, hospitais ao menos o que se chama “dignos”; “mas não te contentes em fazer tua feira e tomar tua cerveja”. Imagina-os despudoradamente, não como presentes de bentos governantes, mas como direitos dos quais vens sendo privado. Ultimamente, a questão não é Dilma e Lula, esquerda e direita, elite e prole, mas sim o rumo do Brasil; uma democracia não se faz de batalhas, mas de diálogo. Se a população não o perceber, o cenário político permanecerá como sempre: vilanizações e apoteoses de faz-de-conta e ao sabor das vantagens, medidas populistas e falta de oposição verdadeira e caricaturas de governantes; por fim, o espelho de nossa sociedade, que ainda vive numa “paranóia” – a la Guerra Fria.

      Responder
    2. Márcio

      As custas de quem que ele te deu estas regalias? Nós da classe média deixamos o coro no serviço pra um acomodado igual a você ao invés de trabalhar fica no boteco tomando cerveja! PT e você é duas merdas. Chico Buarque, Lula Dilma deveriam ser executados. Bando de Lixo! Parasitas.

      Responder
      1. Administrador Autor do post

        Prezado Márcio,

        Apenas ressaltamos que a liberdade de expressão pressupõe responsabilidade, o que significa a possibilidade de responsabilização civil e criminal por eventuais ofensas ou excessos perpetrados

        Pessoal Dos Direitos Humanos

        Responder
  68. Empresário

    CUIDADO COM O QUE OUVEM VINDO DOS MÍDIA EM GERAL, PORQUE EM GERAL ELES MENTEM E SÓ DEFENDEM A REPRESSÃO FINANCEIRA CONTRA QUEM A TENTA PARAR. BRASILEIRO DE MERDA É O BRASILEIRO QUE EMPENHOU O CÉREBRO E LUTA PARA O REGRESSO DA DITADURA MILITAR/FINANCEIRA.

    Responder
  69. Regis

    Fernando Haddad, Alexandre Padilha e Guido Mantega MERECEM serem hostilizados e vaiado a todo e qualquer lugar público em que se encontrarem até mesmo porquê é quando a população tem enfim acesso a esses personagens que eram pagos com meu/nosso dinheiro e contribuiram com o (des)governo que aí se encontra. Com relação a todo o resto concordo plenamente.

    Responder
  70. Caetano

    Quando o Serra era Ministro de Fernando Henrique Cardoso ele não podia aparecer em público que havia um petista disposto a quebrar um ovo na cabeça dele (podem pesquisar). Uma vez eu estava numa fila no aeroporto de Guarulhos e um cidadão atrás de mim perguntou se aquele era o vôo que iria para Salvador. Quando me vire,i vi que era o José Serra. Primeiro me admirei que um ministro de Estado utilizasse um vôo comercial normal e sozinho sem segurança ou companhia nenhuma. Depois, confesso, passei a temer que um ovo me atingisse porque começou a juntar uma turma próxima só com o intuito de hostilizá-lo.
    Na época, os petistas e alguns da imprensa que hoje condenam os “ataques” à elite petista, achavam isso engraçado. Como as opiniões mudam, hein?

    Responder
    1. Pedro Moreira

      Prezado Caetano, perfeita a sua colocação. Os petralhas defendem Dilma, Lula, o PT e o “gênio” não por idealismo ou patriotismo, mas porque estão mamando nas tetas do desgoverno. Se eu fosse um petralha (Deus me livre e guarde), eu já teria pulado fora desse mar de lamas.

      Responder
  71. Carlos

    Tah bom. Não é um merda, mas um inbecil sim. Ele, Herbert Vianna, Zé De Abreu, essa turma toda que tirava foto abraçada com a cúpula do PT deveria ter um pouco de dignidade e usar sua visibilidade para tentar mudar algo e não ficar defendendo esses bandidos como se nada estivesse acontecendo.

    Responder
    1. Pedro Moreira

      E esse Zé de Abreu além de puxa saco é otário. Mandou grana para Zé Dirceu sair de cana. Logo Zé Dirceu que está super rico. Babaca ao cubo!

      Responder
  72. carlos cauê

    O Umberto Eco tem toda razão. A agressão a Chico é patética. Só a ignorância mais cruel permite a uma pessoa um tipo de ataque como o que foi feito a ele, sendo ele quem é. E, há, sim, diferença entre os homens. Chico é um gênio e seus atacantes uns imbecis.

    Responder
    1. Pedro Moreira

      Foi assistiu o vídeo com atenção ? Permita-me corrigi-lo. Quem primeiro agrediu o cara, foi o “gênio”, qualificando-o de merda. Ele tiveram uma reação até paciente. A essa altura todos deveriam estar “mamados”, mas, ao meu ver, foram uns gentlemen.

      Responder
  73. Emilson Ribeiro

    Li até o fim, e gostei do seu comentário corretíssimo. Os que defendem o retorno dos militares ao poder é porquê não têm o menor conhecimento por mais elementar que seja, da nossa historia. Não conheceram a falta de liberdade e de direitos durante a era militarizada. Não assistiram, por exemplo, a invasão de festas de aniversario pela policia, na alegação de que por trás da festa existia uma reunião comunista. Não tem conhecimento do enriquecimento ilícito dos militares que estava no poder ou de seus apadrinhados, ou seja, a mesma coisa que esta acontecendo agora com nossos políticos corruptos, só que, por autorização do governo democratito que antecedeu a gestão atual a Policia Federal ficou levando ate o fim suas investigações o que não ocorria na época em que os militares detinham o poder absoluto e totalitário. Isto pra não falar dos absurdos no que diz respeito aos direitos humanos de que foram vitimas os combatentes revolucionarios que por fim trouxeram esta democracia, mesmo capenga, mas com os direitos a contestação que estamos fazendo. Foram mais de 11.000 (onze mil) brasileiros mortos e desaparecidos políticos nos 20 (vinte) anos de ditadura militar defendendo os interesses econômicos do capitalismo americano. Falo isto de conhecimento vivido na própria pele, pois fui um dos últimos 4(quatro) presos políticos libertados mesmo depois da anistia na Ilha de Itamaraca-PE, de onde eu e mais três companheiros, o cabo de Fuzileiros Navais ( Claudio de Souza Ribeiro), o marinheiro ( José Adeido Ramos) e o estudante (José Calistrato Cardoso) e eu, jornalista com atividade no Jornal A União ( José Emilson Ribeiro), fomos levados para o quartel da policia Aeronáutica, no Recife, onde servimos de cobaias em aulas de torturas para a Escola das Américas, cuja sede fica na Guatemala sob a tutela do exercito de repressão mundial dos EUA. Acho por bem salientar, que esta democracia vivida hoje e que muitos menosprezam foi TAMBÉM fruto da luta pela anistia travada pelos presos políticos usando como arma suas próprias vidas através das greves de fome, tendo desencadeado a primeira e unica greve de fome nacional de presos do Brasil, sob a coordenação dos presos politico na penitenciaria Professor Barreto Campelo em Itamaracá e do presidio Frei Caneca no Rio de Janeiro.

    Responder
  74. JOSÉ ANIBAL LAGUNA

    CHICO É O MAIS BRILHANTE LETRISTA BRASILEIRO VIVO …EM PARIS. MAS PARA VIVER ESTE STATUS PRECISA DE MUITA GRANA. E SUA FONTE E DA FAMÍLIA É EM BRASÍLIA, NAS TETAS DA ROUANET,ELE, IRMÃ, NAMORADA, CARLINHOS BROWN QUE SE CONHECE. NÃO VIVE NOSSA REALIDADE E PELO JEITO NEM FAZ QUESTÃO DE PARECER QUE EVOLUIU COM O POVO. BASTA LAMBER AS BOTAS DO PODER (NÃO FALEI BOSTAS). ÉRAMOS ESTUDANTES À ÉPOCA DE SUA JUVENTUDE. TAMBÉM ACREDITÁVAMOS NA ESQUERDA. MAS TENHA PACIÊNCIA,SERÁ QUE NÃO LÊ AS MENTIRAS COM QUE TRAIRAM ESTE POVO, OU TAMBÉM NÃO SABIA? SE NÃO SABIA É UM IDIOTA QUE NUNCA PARECEU. MAS SE TEM CERTEZA É OUTRO CANALHA QUE VIVE DAS TETAS DA VIÚVA. COMO A DEMOCRACIA PREVALECE TODOS TEM O DIREITO DE SE EXPRESSAREM: SE VOCÊ ESTÁ METIDO NISSO ATÉ O PESCOÇO,OU É UM IDIOTA OU É UM CANALHA. NÃO HÁ TERCEIRA VIA.

    Responder
  75. Alex Nascimento

    Concordo com a lógica do respeito e do reconhecimento e com o fato de essa rapaziada agressora ser mesmo contraditória e conservadora, agressiva e mesmo um bocado, digamos, meios fascista. Lamento o acontecido como lamento o fato do petismo ter, de tal maneira roubado o Brasil, a ponto de virar um adjetivo dos piores possível!

    Responder
  76. Guilherme

    Tudo certo, mas o primeiro a chamar o outro de merda, como da pra ver no video, foi o proprio chico, e de forma bastante prepotente, como quem da carteiradas, o bobão do video apenas respondeu ao insulto.

    Responder
  77. Guilherme

    Tudo certo, mas o primeiro a chamar o outro de merda, como da pra ver no video, foi o proprio chico, e de forma bastante prepotente, como quem da carteiradas. O bobão do video apenas respondeu ao insulto

    Responder
  78. Carlos Alfredo Loureiro

    O texto apresenta um falso dilema com uma concepção medieval e maniqueísta. O oposto da ditadura militar não precisa necessariamente ser o populismo de esquerda, corrupto, atrasado, anti-democrático, inimigo de outras soluções mais modernas. Este maniqueísmo ideológico manipulativo já foi usado pela direita contra o comunismo e agora é utilizado pelo populismo de esquerda com o mesmo propósito controlador. Aliás, já foi usado pela igreja medieval contra os hereges e os mouros. Precisamos romper este paradigma com uma nova política. Quanto à violência, ela não cabe na disputa de projetos de poder em nenhuma circunstância. Sejamos capazes de produzir uma síntese inovadora.

    Responder
    1. Valter

      Vejam o verdadeiro caráter do Chico Buarque, dito como “um dos maiores ícones – senão o maior – da música brasileira e da nossa própria História”, neste vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=wmUK1YTupYA

      Texto utiliza de retórica de “neutralidade” e “bom moço” para tomar partido, ou melhor, defender o ParTido. Devia ter escrito este mesmo texto para seus “companheiros” da CUT e do MST quando se referiam ao Maluf e ao FHC…

      Responder
      1. Administrador Autor do post

        Prezado Valter,

        Atente para o início do texto, em que o autor deixa claro que não está em discussão qual partido ou governo é melhor, mas sim a escalada de intolerância no país.

        Pessoal dos Direitos Humanos

        Responder
    1. Pedro Moreira

      Bem lembrado Valter. Lembro, também, a agressividade dele com o Millôr Fernandes, quando o cuspiu por duas vezes num restaurante do Leblon.

      Responder
    1. Administrador Autor do post

      Prezado Celso,

      Basta assistir a qualquer vídeo dos protestos anti-governo ou pela intervenção militar para se chegar a tal conclusão. São as mesmas pessoas.

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  79. Pedro Moreira

    Depois de ver tantas pessoas a defender o “bom moço”, considerado por muitos como um “gênio”, não vi nenhuma citação do episódio de brutalidade para com o grande Millôr Fernandes, dentro de um restaurante do Leblon. Ele foi abordado pelo “gênio” que indagou porque Millôr tinha raiva dele. Mesmo calado, foi cuspido duas vezes pelo Chico Buarque, numa agressão sem precedentes. Ninguém comenta vídeo do próprio gênio, réu confesso, como filhinho de papai, em furto de automóvel. Ele alega que foi perseguido pela ditadura militar, mas agora abraça e se curva diante da ditadura da corrupção. Não vou relacionar os benefícios da Lei Rouanet para ele, sua atual namorada, seu genro Carlinhos Brown (aquele que levou a maior vaia do Rock in Rio), sua ex-esposa Marieta Severo. Tudo isso com o aval da sua irmã Ana de Holanda que fez uma administração pífia no Ministério da Cultura, mas soube properar a família.

    Responder
  80. Adriana Garófolo

    Nossa!! Quanta besteira!! Lógico que a maioria não defende agressão contra o Chico. A questão não é essa, mas sim que quem escreve esse texto só consegue enxergar agressão quando se trata de se opor ao PT. Mas qdo é ao contrário, no caso das agressões de Petistas armados nas manifestãções a favor da Presidente, ou mesmo na defesa do comunismo na época dos militares, a agressão não é um problema!! Sequestro, morte, assalto, tá tudo justificado pela luta a favor da “democracia” (na verdade comunismo velado) daquela época!! Faça-me um favor!! Os direitos humanso deveriam ter um pouco de vergonha na cara e sair nas ruas pra defender e oferexer ajuda às famílias que sofrem com a morte de um ente querido, como pai, marido, filhos etc!! E parar de ficar defendendo bandidos!!!

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Prezada Adriana, boa noite.

      Fica a sugestão de estudos de autores como a André de Carvalho Ramos e Flávia Piovesan para que você passe a entender o que são Direitos Humanos e como eles tornam a sua vida e a de outras pessoas mais civilizada.

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  81. Luiz Gonzaga M. de MENDONÇA

    Assino em baixo mil vezes…..CLARO, OBJETIVO, SINTÉTICO, SEM INVERDADES OU FANTASIAS…..EXCELENTE TAPA DE VELUDO…OU PONTAPÉ NA BUNDA…… DOS “”"”IMBECIS”"”….conforme qualificou o GRANDE MESTRE HUMBERTO ECCO. Eu tomaria a liberdade de dizer….apenas….que tais indivíduos não são….sequer….capazes de ter UMA IDEOLOGIA POLÍTICA….pois….. com dois neurônios…um enferrujado e o outro obstruído pela incapacidade mental, intelectual….podem….no máximo….ser plateia e massa de manobra de interesses escusos e pensamentos “”"”"plúmbeos”"”"”. COITADOS…no sentido epistemológico e genealógico…..coisas da “”"”METAMORFOSE LINGUÍSTICA”"”"(raízes e transformações e interpretações espaço-temporais da palavra, do termo….)destes POBRES RAPAZES. QUE O CHICO PERDOE OS POBRES DE ESPÍRITO ……UMA VEZ MAIS !!!!!!!!!

    Responder
    1. Administrador Autor do post

      Prezada Margarete,

      Você fala de Alexandre Garcia, porta-voz oficial da Presidência da República na Ditadura Militar, durante o governo de João Batista Figueiredo?

      Pessoal dos Direitos Humanos

      Responder
  82. ric

    Que texto mais bobo. Como se Chico estivesse acima do bem e do mal. Eu conheco o figura pessoalmente e posso dizer que, levando em conta suas opinioes sobre politica, eh sim, um merda, alem de ser um baita hipocrita. Seu baba ovo.

    Responder
  83. João

    O Chico não é nem bom letrista, todas as suas letras tem um excesso irritante de rimas. A mais overdosada delas é Deus lhe Pague, o homem coloca rimas todas terminadas em i, do começo ao fim, nem surdo consegue aguentar aquilo.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>